Laser x Luz Pulsada: qual a diferença na depilação?

Muitas das minhas clientes perguntam a diferença entre depilação feita com laser e a de luz pulsada.

E como essa é uma dúvida recorrente dentro do espaço, e também pelas redes sociais, resolvi fazer um post para esclarecer alguns pontos:

1 – Ambas as tecnologias são usadas como depilação de longo prazo, ou seja, com espaçamento superior – e muito – a outros métodos de depilação, como cera, linha ou lâmina.

gabriella-lenzi-tratamento-beleza

2 – Ambas emitem um certo de tipo de luz que na sequência é captada pela melanina, a transformando em calor. Com isso os fios se enfraquecem e param de crescer por muito tempo. Como o laser penetra nas camadas da pele, ele confere ao tratamento mais potência, o que faz com que a depilação seja mais efetiva. Dependendo do laser o protocolo também se torna mais invasivo e dolorido.

3 – Muitos aparelhos de laser não podem ser usados por pessoas com pele morena ou negra, já que ele identifica o pelo através da melanina. Peles escuras, contendo mais melanina, portanto, podem sofrer queimaduras. Já a luz pulsada não conta com esse impeditivo.

4 – Você precisa de, em média, seis sessões de laser para uma depilação efetiva, já a luz pulsada precisa de mais, cerca de 12.

5 – Ambos os métodos não podem ser feitos por pessoas com diabetes tipo 1, em gravidez ou lactação, doenças autoimunes, câncer de pele, doença neurológica ou usando medicamentos fotossensíveis.

6 – Após o laser e a luz pulsada, não saia no sol sem proteção por, no mínimo, 15 dias.

Foto: Instagram @edybeleza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *