Laser

Tratamentos com Laser

Apresentação: tratamentos capilares realizados com laser tem dado excelentes resultados e tem sido cada vez mais procurados. Alternativa eficaz e não ablativa, ou seja, que não danifica a pele, e que, em alguns casos chega a interromper a queda do cabelo, e a recuperá-lo.

Descrição: A energia emitida pelos aparelhos, que para este tipo de tratamento é de baixa freqüencia, promove a circulação sangüínea até a raiz dos cabelos, ativa o metabolismo das células capilares e sua capacidade de auto-regeneração. O procedimento pode ser associado a outros tratamento (como uso de produtos capilares como shampoos, por exemplo)

Benefícios: o processo deixa os cabelos mais saudáveis , mais fortes e com mais volume, além de promover, em alguns casos o recuperação da área calva.

Apresentação: cada vez mais, e com mais sucesso, tem-se utilizado o laser para a redução das manchas da pele (lesões pigmentadas como manchas de sol, machas de idade, melasmas, nevus, lentigo e rosácea). A grande vantagem deste tratamento é que o laser pode ser usado de formas diferentes para as áreas afetadas: pode atuar diretamente sobre as células pigmentadas, sejam elas mais superficiais ou mais profundas. O tratamento é rápido, indolor e os resultados podem ser vistos logo após a primeira aplicação.

Descrição: o laser, como descrito acima, pode atuar de várias formas, dependendo de seu comprimento de onda. A luz é absorvida pelos pigmentos das manchas da pele e convertida em calor, que acaba destruindo as células pigmentadas e estimulando o crescimento de novas células de colágeno e elastina. Trabalhando-se com laser de luz vermelha é possível atenuar inflamações, dores e edemas, além de acelerar o processo de recuperação da pele.

Benefícios: o tratamento com laser reduz vários tipos de manchas e lesões pigmentárias.

Frequencia do tratamento: São indicadas de 8 a10 sessões semanais.

Apresentação: o laser pode ser usado para combater a flacidez facial e corporal. Um dos tratamentos bastante procurados para combate a flacidez é a aplicação do laser infravermelho, que tem dado bons resultados e pode ser utilizado em várias áreas do corpo. Além do laser infravermelho, um dos tratamentos indicados também é o Tight Skin.

Descrição: O laser infravermelho, que é absorvido pela água da derme (região profunda da pele), este calor recebido faz com que esta água evapore provocando uma contração das fibras de colágeno, melhorando o tônus da pele.

Benefícios: o tratamento com laser reduz linhas finas e rugas, melhora o tônus da pele, combatendo a flacidez e reduz manchas.

Frequencia do tratamento: São indicadas de 8 a10 sessões semanais.

Apresentação: os tratamentos a laser podem ser feitos para tratar tanto cicatrizes da acne, quanto a própria acne. Os procedimentos, seja com led azul, ou lazer fracionado, apresentam ótimos resultados, sem a agressão causada pelo peeling químco, por exemplo, que gera desconforto e descamação. Existem vários tipos de laser e o profissional deverá fazer o diagnóstico e selecionar qual será o mais indicado dependendo de cada caso. Outra possibilidade é a associação desta técnica, com outros procedimentos, visando intensificar o resultado.

Descrição: No caso do tratamento da acne, um dos procedimentos indicados é o com led azul, que tem propriedades antibacterianas que atuam sobre a bactéria causadora da acne. É rápido, indolor e sem contra-indicações. Já para o caso de cicatrizes, é indicado a aplicação do laser fracionado com função de peeling: ele irá atuar sobre a camada danificada da pele, removendo-a e estimulando a produção de novas células de colágeno elastina.

Benefícios: o tratamento com laser reduz marcas deixadas pela acne, promove a renovação da pele e pode também eliminar bactérias causadoras da condição.

Apresentação: os chamados vasinhos (telamgectasias ou microvarizes) podem aparecer em várias partes do corpo. Na face, podem surgir nas bochechas, na lateral do nariz e nas áreas próximas as olheiras, causadas por vários motivos:exposição ao sol sem proteção, pele sensível, rosácea, ou até mesmo por fatores genéticos. Já aqueles vasinhos que aparecem nas pernas, são geralmente associados a problemas de circulação, hormônios, sedentarismo e, novamente, predisposição genética. A laserterapia também se mostrou bastante eficaz no tratamento deste problema, com as vantagens de ser menos agressivo que a escleroterapia ( eliminação dos vasos através de injeção de substâncias específicas em cada vaso).

Descrição: é utilizado um tipo de laser específico (LASER Nd:YAG) que atuará diretamente na hemoglobina, queimando o vasinho. É indicado o uso de um anestésico para reduzir o desconforto.

Frequencia do tratamento: São indicadas de 3 a 7 sessões semanais, com intervalo de cerca de um mês entre elas.

Apresentação: Existem duas opções principais para depilação de longa duração que se utilizam de luz. A primeira delas é a conhecida depilção à laser. Para este tipo de tratamento utilizamos o equipamento Light Sheer (ou laser de diodo), muito eficaz. A outra opção, também chamada de fotodepilação, é a aplicação da tecnologia de Luz Intensa Pulsada para fins depilatórios. Ambos agem de maneira semelhante e são ótimas opções para reduzir o aparecimento dos pêlos em até 80% ( eliminando-os em alguns casos, dependendo da resposta do organismo de cada indivíduo.

Descrição: A energia emitida pelos aparelhos é atraída e captada pela melanina e pela hemoglobina (a primeira presente na haste dos fios, a segunda nos vasos que alimentam o pêlo), danificando o folículo piloso.

Benefícios: são tratamentos não ablativos, ou seja, não agride a pele e apresentam bons resultados.

Apresentação: estria é o rompimento das fibras elásticas que sustentam a camada intermediária da pele, formada por colágeno e elastina, deixando uma marca inicialmente vermelha, e posteriormente esbranquiçada. Para que esta marca seja atenuada, um dos tratamentos possíveis é o laser de CO2 fracionado. No caso de estrias avermelhadas, o tratamento atua também na inflamação, enquanto que nas estrias mais antigas atua renovando as células da pele.

Descrição: o tratamento é feito após a análise do tipo de estrias (vermelha ou branca). A luz emitida pelo aparelho atinge a pele destruindo a camada danificada e estimulando a produção de células novas: colágeno e elastina, que formarão uma nova
camada mais saudável. A freqüência do tratamento dependerá do tipo de estria.

Benefícios: estima-se que, o tratamento completo, promove uma melhora de 80%, tornando a pele mais lisa, e com redução significativa da marca na pele.

Frequência do tratamento: são indicadas cerca de 5 sessões com intervalos de um mês entre elas.

Apresentação: Um dos problemas estéticos faciais que mais incomoda é a presença de olheiras. Esta área escurecida sob os olhos confere aspecto envelhecido e cansado. Existem vários fatores que contribuem para sua existência, desde genéticos, até hábitos como quantidade de sono insuficiente. Um dos tratamentos mais indicados para amenizar este problema é a laserterapia, ou fototerapia.

Descrição: Após análise do tipo de olheiras e causas, o profissional irá dar início à sessão: é feita a higienização da pele com loção e tônico. Então são aplicados tipos de luz de diferentes comprimentos de onda e frequência, com funções diferentes e atuações diferentes. O efeito tonificante se dá na atuação sobre as moléculas de água, reduzindo a flacidez, o efeito clareador se dá na atuação sobre a melanina, ainda possui efeitos de redução de rugas, na atuação sobre os radicais livres, e ainda age como antiinflamatório.

Benefícios: redução das olheiras: clareamento de manchas, aumento na tensão e firmeza da pele, redução a flacidez e, como resultado um rosto com aspecto rejuvenescido e descansado. O tratamento é indolor.

Frequência do tratamento: são indicadas cerca de 10 sessões de 40 minutos cada.

Tempo de duração: cerca de 40 minutos cada.